Independência dos filhos

Hoje vou falar sobre independência dos filhos! Sim aquela independência que nós mães tanto queremos para nossos filhos, mas que quando eles a assumem, ficamos perdidas, sem saber o que fazer!

Desde pequena sempre procurei ser independente e na adolescência buscava minha independência de todas as formas. Prova disso que saí de casa para casar aos 20 anos e, quando me separei aos 22, não quis voltar para a casa dos meus pais. Afinal, eu já havia alcançado a minha tão sonhada independência! Era uma mulher com uma filha pequena e podia e devia criá-la a meu modo, sem depender de ninguém! Ajuda sim, mas dependência nunca! Criar a minha filha sozinha, ter a minha casa, o meu trabalho, poder ir e vir sem preocupar as pessoas, sem ficar dando satisfações sempre foi uma questão de honra!

Meus pais, é claro, ficavam de cabelos em pé, porque para eles era difícil lidar com a minha total independência! 

Pois é, a minha filha cresceu neste sistema, presenciou as batalhas e as consequências de uma mulher independente, introjetou esta independência, assimilou que isso não tem preço e que o melhor que temos a fazer é sermos independentes na vida!

De alguma forma ou de todas as formas mostrei isso a ela e hoje tenho o resultado de ter uma filha independente como eu!

Aos 18 anos, minha pequena passou num vestibular extremamente concorrido em uma universidade pública e foi ser independente. Olhou nos meus olhos e disse: ” Vou voar, quero ser independente como você!”

Foi um tremendo choque, um sofrimento ver minha pequena sair do ninho! Daí, coloquei-lhe a condição de que ela ficaria longe de casa durante os quatro anos de faculdade. Ela concordou, embora no fundo do meu coração eu já soubesse que ela não voltaria mais a morar comigo! Afinal, o meu passarinho estava saindo do ninho, estava aprendendo a voar sozinho e não conseguiria mais voltar para ele, assim como eu fiz quando deixei a casa dos meus pais!

Hoje tenho a confirmação de que a minha passarinha não voltará mais ao ninho para ficar. Ela virá sempre apenas para me visitar, passar alguns dias e ir embora, voar como sempre gostou, como eu a ensinei!

Como mãe fico com o coração na mão, pois que mãe não quer que seu filho fique para sempre a seu lado?

Mas como uma mulher sinto um tremendo orgulho de ver a mulher independente que ela se tornou e saber que tudo o que passei para ela foi excelente, que ela introjetou os melhores valores e sabe que nunca devemos desistir daquilo que queremos e que não há coisa melhor na vida do que ser independente!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Independência dos filhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s